27.2.10

Banho turco

Para me despedir de Istambul, e com o corpo a precisar de uma revitalização, para as montanhas que se avizinham, decidi ir experimentar o banho turco:
Primeiro entrei na sauna, e mal conseguia respirar! Aguentei me uns bravos 10minutos, e já todo o meu corpo transpirava pedindo para sair...
Depois o meu "massagista pessoal" esfregou-me a pele arrancado todas as células mortas. Este processo foi executado com uma luva especial que parecia que tinha lixa, e a sensação foi tal, que olhei logo para os braços a ver se não estavam em sangue.
Depois deitou-me nesta mesa de pedra e deu-me uma tareia, puxando e contorcendo braços e pernas em posições nunca antes alcançadas.. Quando me levantei pensava que nem ia conseguir andar com dores nas articulações, mas não, estava como novo...
Esta experiência ficou no total por 15€, o mais barato que encontrei com sauna e massagem incluída. Claro que tive de recusar dar gorgetas a todos os funcionários do estabelecimento, um porque tinha aberto a porta, o outro que tinha dado a toalha, o das massagens, o do óleo para a pele, etc, etc...

26.2.10

Petiscos em Istambul

Em cada esquina há um grelhador, um quiosque ou uma banca vendendo comida, boa e barata:
Peixe grelhado
Pão com batata frita, ketchup e maionese
Frutos secos
Roscas de pão com sementes de sésamo

25.2.10

Bichos em Istambul

Como se estivessemos num Zoo dentro da cidade, muitos animais nos cruzamos ao longo destes dias em Istambul em toda a parte:
Coçando a pulguita

Encontramos duas vezes esta cadela em dias diferentes que nos acompanhou a mim e à Raquel durante algum tempo, e nos deixou algumas saudades...





A gaivota instantes antes de roubar o que o gato comia...

24.2.10

Regresso a casa

Regresso a casa Dia 20 setembro.. O grande dia chegára..
Mas, não tão bom como eu gostaria. Foi um dia agridoce pois alguns problemas tinham surgido e corria o risco de desistir da viagem.Pensamentos positivos eram o melhor que tinha a fazer. Tudo se há-de resolver e segui com o projecto.
Durante os quilómetros que fazia perguntava-me!!Serà que tomei a decisão certa!?
Serà que devia ter ficado!?
O conta quilómetros cada vez tinha mais números ,o calendário, dias riscados e os problemas continuavam.Não podia avançar mais nesta viagem sem tratar dos assuntos que tinha deixado pendentes, então decidi ir a Portugal, onde estive quatro dias.A verdade é que consegui resolver algumas coisas outras nem por isso,mas graças a minha amiga liliana(grande advogada) ;) tenho tudo sobre controle.Se não tıvesse defrontado com tudo isto e se não "ficasse resolvido"de certo estava na iminêncıa de não voltar para Istambul que era a cidade onde tinhamos ficado e o Alex me esperava.O Alex ,teria de continuar sozinho,logo o projecto não teria o mesmo sentido mas eu continuaria a viajar com ele mas agora através do blog...Juntado o útil ao agradável e aproveitando o facto de ir estar em Portugal no dia de casamento dos meus grandes amigos (Cátia e David) ,sendo eu o padrinho não poderia faltar(para comer e beber) ;).Aproveitando também o facto de estar a viajar e ja lhes ter confirmado que não conseguiria ir ao casamento, decidi aparecer de surpresa, não só a eles mas a todos os que estavam presentes na igreja.Acho que foi uma boa surpresa..lol
Não posso deixar de agradecer ao meu grande amigo João botelho que me ajudou a chegar sem que ninguém soubesse de nada.Foi um grande dia , tanto para eles como para mim que pude partilhar este dia tão especial na vida deles..Quero também agradecer aos meus amigos(Carla,Ricardo,João,Liliana,Moutinho,Diolinda,Pedro e Inês) que fizeram uma grande "vaquinha" para a minha viagem, que deu para pagar o bilhete de avião a Portugal.
Obrigado a todos.
Atè breve


video


Os noivos.Grupo de amigos(esq/drt Càrla,Ricardo,João,eu,Diolinda,Moutinho,Inês,Catia,Pedro,Liliana)
Há mais caixas destas,tenho muitas dores de cabeça..
Mais uma despedida no aeroporto.

23.2.10

Pormenores Istambul

Esta montra parece o cartaz do filme "Chuckie"
Serviço de entrega de chás porta-a-porta com posterior recolha. Se fosse em Portugal,não sobrava nenhuma chávena para contar a história.
Nevando em Istambul.
Que a "força" esteja conosco...
No grande bazar, vale "tudo" para ganhar os clientes.
Numa loja de roupas antigas com um vendedor muito charmoso, só para as meninas...
Neste tipo de mochila carrega-se de tudo pelas ruas antigas de Istambul

Entrega de chá
Street-art
Este dispositivo para impedir que os carros circulem em sentido proibido, fazia muita falta em Lisboa.
No museu do Mosaico

22.2.10

Amor à solta em Istambul

As saudades já são muitas, e que melhor sítio para as conter senão em Istambul...?
Nestes dias o amor andou à solta perdendo-se nas suas ruas...
Seguem as fotos intensas deste reencontro:
Gozando o "Carnaval" experimentando todos os chapéus exóticos de uma loja fashion pseudo-intelectual perdida num dos becos.

Barco do amor?



15.2.10

Hijab

Assim como o estreito de água Bósforo na fotografia, separa fisicamente a Europa da Ásia.
Também o Hijab (lenço) separa culturalmente estes dois continentes.

13.2.10

Agradecimento ao Jorge - Istambul

O Jorge estava a fazer erasmus em Istambul, e logo se ofereceu para ficarmos com ele.
Um quarto bastante espaçoso para uma pessoa, um pouco apertado para mais duas, e muitissimo aconchegante com as respectivas bicicletas e alforges.
Quero agradecer as refeições, as visitas guiadas, as conversas, a partilha e todo o apoio lusitano no cantinho oposto da Europa.
Jorge..
Almoçando perto da sua casa, sopinha com arroz de grão e frango.
O quarto "acolhedor"...
Kebab de peixe grelhado e pescado na hora, muitissimo bom, com molho de limão por apenas 1,50€.
Jantando nas escadas do prédio, pois o senhorio havia retirado a mesa na cozinha no dia anterior..
"Milkholic", um problema de consumo excessivo que o Jorge tem de resolver agora quando voltar a Lisboa.